Irlanda multa Instagram em 405 milhões de euros por uso de dados de crianças

DUBLIN (Reuters) - O regulador de privacidade de dados da Irlanda anunciou uma multa recorde de 405 milhões de euros contra o Instagram após uma investigação sobre o uso de dados de crianças.

A investigação, iniciada em 2020, concentrou-se em menores de 13 a 17 anos que tinham permissão para operar contas comerciais, o que facilitou a publicação do número de telefone e/ou endereço de e-mail dos usuários.

"Adotamos nossa decisão final na sexta-feira passada e ela contém uma multa de 405 milhões de euros", disse o porta-voz do Comissário de Proteção de Dados (DPC) da Irlanda, que é o principal regulador da controladora do Instagram, Meta.

A assessoria de imprensa da Meta não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

(Escrito por Conor Humphries)