Irmã de Paulo Gustavo demonstra apoio a Mônica Martelli após desculpas por ir a festa de Marina Ruy Barbosa

·2 minuto de leitura

Depois de pedir desculpas por ter ido ao aniversário de Marina Ruy Barbosa, Mônica Martelli agora ganhou o apoio de Ju Amaral, irmã de Paulo Gustavo. A produtora destacou, em um texto de Chico Xavier, a habilidade de reconhecer erros, como forma de conseguir perdoar.

"A melhor maneira de aprender a desculpar os erros alheios é reconhecer que também somos humanos, capazes de errar talvez ainda mais desastradamente que os outros", diz o texto creditado a Chico Xavier, compartilhado por Juliana, que complementou na legenda: "Te amo, Mônica".

O pedido de desculpas de Mônica Martelli

Marina Ruy Barbosa fez uma comemoração secreta pelo seu aniversário de 26 anos, que acabou vazando por publicações nas redes sociais de amigos. Em uma das fotos que circulou, Mônica aparece ao lado da aniversariante e outras duas pessoas, sem distanciamento e sem máscara.

“Errei! Fui parabenizar uma amiga por seu aniversário. Uma reunião para 20 convidados. Estou vacinada contra a Covid-19. Fui testada para entrar na propriedade e fiquei em um campo aberto, na companhia de meu namorado. Fiz algumas fotos com algumas pessoas que também estavam testadas”, disse Mônica.

No dia 29 de maio, a atriz participou de uma manifestação na Avenida Paulista contra a gestão do governo federal sobre a pandemia. No cartaz que segurava, Mônica levava escrita a lembrança do amigo Paulo Gustavo, vítima da Covid: “500 mil brasileiros mortos, genocídio”.

“Não é uma justificativa, é de fato uma explicação do ocorrido e um pedido de desculpas. Estamos passando por um momento de extrema tristeza e delicadeza. Estamos na luta e luto diários, então o que qualquer um de nós faz impacta na vida de todos”, segue Mônica em sua retratação.

A atriz também diz aceitar todas as críticas direcionadas a ela neste momento e reitera não ser o momento de reuniões. “Minha dor, revolta e dedicação por vacinas e saúde para todos seguem inabaláveis. Sou uma mulher, cidadã e artista de 53 anos e sei da minha responsabilidade com a sociedade, meu público e meu país”, finaliza Mônica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos