Irmã de Marielle Franco elogia Taís Araújo em especial: "Arrepiada e emocionada"

Giselle de Almeida
·2 minuto de leitura
Taís Araújo como Marielle Franco no especial "Falas Negras". Foto: divulgação/TV Globo/Victor Pollak
Taís Araújo como Marielle Franco no especial "Falas Negras". Foto: divulgação/TV Globo/Victor Pollak

A família de Marielle Franco se emocionou ao ver Taís Araújo emprestando seu rosto e sua voz para contar um pouco da história da vereadora no especial “Falas Negras”, exibido pela TV Globo na última sexta-feira (20), em homenagem ao Dia da Consciência Negra. Anielle Franco elogiou o trabalho da atriz e disse o quanto ficou tocada com a homenagem à irmã, assassinada em março de 2018.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Toda arrepiada e emocionada assistindo Taís Araújo interpretando minha irmã. Queria trazer a Taís aqui pra casa, toda caracterizada, só por uns dias, pra poder matar a saudade e amenizar a dor! Obrigada, Lázaro Ramos e Taís Araújo. Ficou incrível! Marielle gigante”, escreveu Anielle no Twitter.

Leia também:

Taís respondeu à mensagem, acrescentando que o legado da vereadora continua vivo.

“Anielle, meu respeito à família de vocês. Foi muito difícil, porque essa dor é nossa e não vamos digeri-la, não vamos, porque não podemos e não queremos. Queremos mudança. Meu beijo e abraço mais apertado nos seus pais e na Luyara [filha de Marielle]”, disse a atriz.

Especial representou personalidades negras e dramas reais

Dirigido por Lázaro Ramos, o especial contou com uma equipe formada predominantemente por artistas negros e trouxe Babu Santana, Mariana Nunes, Ailton Graça e Flávio Bauraqui, entre outros atores, interpretando personalidades como Muhammad Ali, Lélia Gonzalez, Milton Santos e Luiz Gama.

Histórias recentes e ainda frescas na memória do público, como as mortes do menino João Pedro, baleado em casa durante uma operação policial em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, em maio, e Miguel, que caiu do 9º andar de um prédio de luxo no Recife, em junho, também marcaram o episódio.

As interpretações de Silvio Guindane como Neilton, pai de João Pedro, e de Tatiana Tibúrcio como Mirtes, mãe de Miguel, emocionaram os telespectadores.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube