Islandês vive 'conto de fadas' após primeiro transplante de braços do mundo

O islandês Felix Gretarsson, de 49 anos, surpreendeu os cirurgiões com sua recuperação após receber o primeiro transplante de braços do mundo, em janeiro do ano passado. O ex-eletricista perdeu os dois membros depois de ser eletrocutado durante o trabalho em 1988. Depois de mais de três décadas, ele agora é capaz de abraçar sua família e realizar todo tipo de tarefa do cotidiano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos