Israel adverte

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que “este seria o último aniversário da revolução” se o Irã cometer o erro de tentar destruir Tel Aviv e Haifa.