Israel ataca aeroporto de Damasco e cinco soldados morrem, diz Síria

Crianças israelenses brincam perto de fronteira com a Síria

DAMASCO (Reuters) - Israel realizou um ataque aéreo no aeroporto internacional de Damasco, na Síria, e em outras posições ao sul da capital, matando cinco soldados e causando danos materiais, disse o Ministério da Defesa na manhã de sábado no horário local.

As defesas aéreas sírias interceptaram o ataque e conseguiram derrubar a maioria dos mísseis, informou um comunicado do ministério.

Não houve confirmação imediata se o ataque afetou as operações do aeroporto.

Israel intensificou os ataques a aeroportos sírios para interromper o uso crescente de linhas aéreas de suprimentos por Teerã para entregar armas a aliados na Síria e no Líbano, incluindo o Hezbollah, disseram à Reuters fontes diplomáticas e de inteligência regionais.

Teerã adotou o transporte aéreo como um meio mais confiável de transportar equipamentos militares para suas forças e combatentes aliados na Síria, após interrupções nas transferências terrestres.

Centenas de milhares de pessoas morreram e milhões ficaram desabrigadas desde que os protestos contra o presidente sírio, Bashar al-Assad, em 2011, se transformaram em uma guerra civil que atraiu potências estrangeiras e deixou a Síria formada por zonas de controle.

(Reportagem de Kinda Makieh e Enas Alashray e Nayera Abdallah)