Israel diz ‘não ser capaz’ de determinar quem disparou tiro que matou jornalista

O exército de Israel afirmou ‘não ser capaz’ de afirmar de quem partiu o tiro que matou a jornalista da Al Jazeera, Shireen Abu Akleh. Uma multidão fez mais homenagens à repórter nesta sexta-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos