Israel expressa aos Estados Unidos reservas sobre negociações com o Irã

·1 minuto de leitura
O ministro israelense das Relações Exteriores, Yair Lapid

O novo ministro das Relações Exteriores de Israel expressou ao chefe da diplomacia dos Estados Unidos as "sérias reservas" de seu país a respeito das negociações com o Irã sobre o acordo nuclear, durante um encontro neste domingo em Roma.

"Israel tem sérias reservas sobre o acordo nuclear do Irã que está sendo elaborado em Viena. Acreditamos que a forma de discutir estas divergências é por meio de conversas diretas e profissionais, não em entrevista coletivas", afirmou Yair Lapid a Antony Blinken.

Lapid também afirmou que durante os "últimos anos foram cometidos erros" na relação bilateral entre a administração do ex-primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o ex-presidente Donald Trump.

"Vamos consertar os erros juntos", disse o chefe da diplomacia israelense.

Lapid, idealizador da coalizão heterogênea que afastou Netanyahu do poder e futuro primeiro-ministro, segundo um acordo de governo, viajou a Roma para reunir-se com Blinken, que encerra na Itália uma viagem europeia que também passou por Alemanha e França.

Os dois examinarão, além das negociações para restabelecer o acordo de Viena de 2015 sobre a capacidade nuclear do Irã, a preservação do frágil cessar-fogo em Gaza após a recente guerra de 11 dias entre Israel e o movimento palestino Hamas.

st/mb/mis/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos