Israel reabre seu território na 3ª feira para trabalhadores de Gaza

·2 min de leitura
O lado controlado pela Autoridade Palestina da passagem de Erez, em Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza, em 23 de abril de 2022 (AFP/Mahmud HAMS) (Mahmud HAMS)

Israel permitirá novamente, a partir de terça-feira (26), que os palestinos da Faixa de Gaza possam trabalhar em seu território, depois que os disparos de foguetes do enclave palestino foram interrompidos.

A passagem de Erez, a única por onde os palestinos de Gaza podem atravessar para Israel, foi fechada no domingo como represália pelos disparos de foguetes de Gaza, em um contexto de aumento da tensão.

"Após a avaliação da situação de segurança, ficou decidido que os trabalhadores e comerciantes [palestinos] podem novamente, nesta terça-feira, entrar em Israel através da passagem de Erez", indicou nesta segunda-feira (25) a COGAT, a unidade do Ministério da Defesa de Israel responsável dos assuntos civis palestinos.

Esta reabertura dependerá da "manutenção da segurança no setor", acrescentou a COGAT.

Vários foguetes foram lançados contra Israel, entre os dias 18 e 23 de abril, da Faixa de Gaza, território controlado pelo Hamas, mas nenhum deles deixou vítimas e a maioria foi interceptada pelo Domo de Ferro, o escudo antimísseis israelense.

Depois que Israel decidiu fechar ontem a passagem de Erez, nenhum outro foguete foi disparado contra seu território.

Com a exceção da passagem de Rafah, entre o sul de Gaza e o Egito, Israel controla todas as entradas e saídas do enclave palestino e impõe um bloqueio, tanto de mercadorias como de pessoas, há mais de 15 anos.

No fim de março deste ano, Israel anunciou que aumentaria de 12.000 para 20.000 o número de permissões de trabalho concedidas aos palestinos de Gaza.

Os foguetes foram lançados ao mesmo tempo em que palestinos e forças israelenses se enfrentavam na Esplanada das Mesquitas de Jerusalém Oriental, a parte palestina da cidade ocupada por Israel. Esses confrontos deixaram cerca de 250 feridos entre os palestinos.

jjm/tp/hj/grp/mb/rpr/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos