Pai levará Meghan Markle ao altar em casamento com Harry

Londres, 4 mai (EFE).- O pai de Meghan Markle, Thomas, levará a filha ao altar durante o casamento com príncipe Harry, marcado para 19 de maio, na capela de Saint George, no Castelo de Windsor, confirmou nesta sexta-feira o Palácio de Kensington.

A residência oficial dos filhos do herdeiro ao trono, o príncipe Charles, emitiu hoje um comunicado com detalhes sobre a cerimônia religiosa deste casamento, ao qual foram convidadas até o momento cerca de 600 pessoas.

Esse número aumentará até mil para as celebrações posteriores organizadas nas instalações do Castelo de Windsor, nos arredores de Londres.

"Meghan está encantada de ter seus pais ao seu lado nesta importante e feliz ocasião. Além de contar com o apoio da rainha, seu pai, o príncipe de Gales, e seu irmão William como padrinho, o príncipe Harry também quer envolver em seu casamento a família de sua mãe", afirmou a nota.

Assim, os três irmãos da falecida Diana estarão presentes e Jane Fellowes, tia do noivo, lerá uma passagem durante a cerimônia, o que servirá para "celebrar a memória" da princesa de Gales.

Este será o primeiro encontro entre Harry e seu futuro sogro, segundo lembraram hoje os veículos de imprensa britânicos, que também destacam que Meghan não terá damas de honra, pois será um grupo de meninos e meninas que desempenharão a função.

A namorada "tem um grupo de amigos muito próximos e não queria escolher entre eles", explicou no texto o secretário de comunicações do Palácio de Kensington, Jason Knauf.

Meghan chegará à Igreja de Saint George de carro, acompanhada por sua mãe, Doria Ragland, enquanto Harry chegará junto com seu irmão, que foi pai pela terceira vez no mês passado, mas o recém-nascido, Louis, não estará presente.

É esperada a presença do marido de Elizabeth II, o duque de Edimburgo, de 96 anos, que se recupera de uma operação de quadril que o manteve longe de eventos oficiais durante as últimas semanas.

Apesar da grande quantidade de detalhes fornecidos até o momento, se desconhece ainda o local no qual os recém-casados desfrutarão da lua-de-mel, embora está confirmado que o primeiro ato oficial de Harry e Meghan como marido e mulher será na semana seguinte ao casamento.

Em zonas designadas dos arredores do Castelo de Windsor serão instalados postos de comida e telões, perante a chegada de centenas de curiosos que querem compartilhar outro dia histórico para a família real britânica.

Uma vez concluída a cerimônia de casamento no templo de Saint George, Harry e Meghan, de 33 e 36 anos, respectivamente, percorrerão as ruas de Windsor em uma carruagem real, acrescentou o Palácio de Kensington. EFE