Itália aumenta níveis de segurança após informes do FBI

(Arquivo) Vista geral da praça São Pedro, no Vaticano, no dia 17 de maio de 2015 (AFP/Arquivos)

A Itália aumentou o nível de alerta em seus principais monumentos no Vaticano, em Roma e em Milão, após advertências por parte do FBI, a Polícia Federal americana, sobre possíveis atentados - informou a imprensa local nesta quarta-feira.

A praça São Pedro, a Catedral de Milão e sua famosa Scala são alguns dos possíveis alvos, teria dito o FBI, que também forneceu informações sobre cinco indivíduos potencialmente perigosos.

O governo italiano já havia elevado seu nível de alerta após os ataques de sexta-feira passada em Paris.

Em diferentes ocasiões, a propaganda do Estado Islâmico (EI) apontou a sede da Igreja católica como um alvo. As autoridades italianas disseram que, até agora, não há indícios de um complô específico.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos