Itália vive surto de Covid-19 após jogos das eliminatórias: já são dez infectados

·1 minuto de leitura

A confirmação da infecção do lateral Florenzi, do PSG, foi mais um capítulo do surto de Covid-19 na seleção italiana nos últimos dias. Além de Florenzi, outras nove pessoas, entre membros da comissão técnica e jogadores, testaram positivo para o novo coronavírus.

O elenco da Azzurra retornou aos seus respectivos clubes após o último compromisso pelas eliminatórias europeias para a Copa do Mundo, vitória por 2 a 0 sobre a Lituânia, na última quarta-feira. A equipe venceu também, pelo mesmo placar, Bulgária e Irlanda do Norte nas rodadas anteriores.

Desde então, testaram positivo para Covid-19 quatro membros da comissão técnica (que não tiveram os nomes divulgados), bem como Bonucci (Juventus), Verratti, Florenzi (PSG), Grifo (Freiburg), Sirigu (Torino) e Cragno (Cagliari).

Cragno e Sirigu chegaram a atuar por suas equipes contra o Hellas Verona e Juventus, no último sábado, enquanto os demais acabaram afastados. No Sassuolo, três jogadores que estiveram com a seleção foram afastados: Locatelli, Berardi e Caputo.

Segundo a imprensa do país, a Federação Italiana acompanha os casos. O Campeonato Italiano já teve partidas adiadas nesta temporada por conta de surtos de Covid-19.