Itamaraty diz que não recebeu pedido de munição da Alemanha

*ARQUIVO* Brasília, DF - 12/04/2022 - Nesta terça (12) o Presidente Jais Bolsonaro (PL) faz anúncio de instalação de 12 mil novos pontos de Wi-fi nas escolas públicas do país. Foto Presidente Jair Bolsonaro com a palavra Escola ao fundo.(FOTO: Antonio Molina/Folhapress)
*ARQUIVO* Brasília, DF - 12/04/2022 - Nesta terça (12) o Presidente Jais Bolsonaro (PL) faz anúncio de instalação de 12 mil novos pontos de Wi-fi nas escolas públicas do país. Foto Presidente Jair Bolsonaro com a palavra Escola ao fundo.(FOTO: Antonio Molina/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Itamaraty informou, por meio de sua assessoria, que não houve pedido oficial feito pela Alemanha para que o Brasil vendesse munição para os blindados para combate antiaéreo Gepard, que Berlim prometeu doar a Kiev.

O pedido foi feito, segundo a reportagem apurou junto a pessoas com conhecimento da negociação, na forma de sondagens extraoficiais.

Os alemães estão numa situação complexa, já que têm pouca munição e mesmo ela está sob embargo da Suíça, país que a fabrica. O Brasil opera 34 Gepard e quer repassá-los, mas é muito improvável que tope a oferta alemã dada a posição de neutralidade crítica adotada pelo governo de Jair Bolsonaro (PL).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos