Itamaraty parabeniza Gustavo Petro por eleição na Colômbia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Ministério das Relações Exteriores parabenizou nesta terça-feira o presidente eleito da Colômbia, Gustavo Petro, e afirmou que deseja "a continuidade e o aprofundamento" das relações entre Brasil e Colômbia.

Apesar da manifestação do governo, o presidente Jair Bolsonaro ainda não cumprimentou Petro, como já o fizeram a maioria dos presidentes da região. Bolsonaro, por outro lado, fez críticas ao presidente eleito, o primeiro de esquerda na história da Colômbia.

"O governo brasileiro congratula o senador Gustavo Petro por sua eleição à Presidência da Colômbia. Ao desejar ao presidente eleito êxito no desempenho de suas funções, o governo brasileiro reafirma seu compromisso com a continuidade e o aprofundamento das relações bilaterais com a Colômbia, com vistas ao bem-estar, prosperidade, democracia e liberdade de nossos povos", diz a nota do Itamaraty, divulgada na manhã desta terça-feira.

Na segunda-feira, em seu primeiro comentário sobre a eleição, Bolsonaro chamou Petro de "ex-guerrilheiro". Mais tarde, criticou um discurso do presidente eleito e fez uma comparação com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Já o vice-presidente Hamilton Mourão desejou "sorte" a Petro, dizendo que "não é simples" administrar um país na "situação que o mundo está enfrentando".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos