Ivan Baron ganha mais de 10 mil seguidores após posse de Lula; influenciador tem paralisia cerebral causada por meningite

O influenciador digital Ivan Baron, de 24 anos, foi um dos representantes do povo brasileiro na subida da rampa com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), neste domingo, durante a cerimônia de posse. O jovem Potiguar é referência na luta anticapacitista e considerado um dos embaixadores da inclusão — não à toa, seu apelido é Influenciador da Inclusão.

Apenas ao subir a rampa com Lula, Baron ganhou mais de 16 mil seguidores no Instagram, chegando à marca de 356 mil pessoas que o acompanham até as 17h40 deste domingo. O jovem começou a gravar conteúdo para a internet em meados de 2018 e aborda temáticas como a discriminação com PcDs (pessoas com deficiência).

Aos 3 anos, Baron teve uma meningite viral provocada por uma intoxicação alimentar - o que resultou na paralisia cerebral de Baron. Ele ganhou o título de influenciador da inclusão por combater ao capacitismo e buscar por representatividade midiática para pessoas com deficiência.

Em entrevista a GQ sobre o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, o jovem afimou que a inclusão de PcDs melhorou, mas não o suficiente.

"Vejo um momento de levantar a conscientização sobre a nossa comunidade para a população em geral. Precisamos mostrar que existimos e resistimos. É, literalmente, o dia de impor nossas reivindicações por direitos sociais", disse Baron.

Neste domingo, o jovem compartilhou uma foto do look que usou na subida da posse e pontuou a alegria de participar do ato.