Ivanka, filha de Donald Trump, terá um escritório na Casa Branca

Washington, 20 mar (EFE).- Ivanka Trump, a filha mais velha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, terá um escritório próprio na Ala Oeste da Casa Branca, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira por sua advogada.

Ivanka, que como "primeira filha" tem um papel frequente e atípico na Casa Branca desde que seu pai assumiu o cargo, aumentará desta forma sua influência no círculo presidencial.

Em Washington, já é habitual ver a filha do presidente acompanhando seu pai em atos oficiais e também em reuniões com líderes internacionais.

Na última sexta-feira, Ivanka sentou-se ao lado da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, durante sua reunião na Casa Branca, posição que também ocupou no mês passado, durante a visita do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau.

De acordo com sua advogada, Jamie Gorelick, citada por alguns veículos de imprensa, Ivanka Trump não terá um cargo oficial na Casa Branca, assim como não receberá qualquer salário por seu novo trabalho.

Desta forma, a filha de Donald Trump se juntará na Ala Oeste da Casa Branca a seu marido, Jared Kushner, que trabalha como assessor do presidente e é presença constante no Salão Oval.

Ivanka é a única dos filhos de Trump que deixou Nova York para acompanhar seu pai em Washington, embora no início do governo tenha negado qualquer interesse em trabalhar na Casa Branca. EFE