"Já acabaram as eleições nos Estados Unidos?", disse Bolsonaro a simpatizante

·1 minuto de leitura
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em 10 de novembro de 2020
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em 10 de novembro de 2020

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, um dos poucos chefes de estado do mundo que não parabenizou o democrata Joe Biden por sua vitória eleitoral nos Estados Unidos, ironicamente perguntou nesta quinta-feira (12) a um apoiador: "Mas já acabou, já acabaram as eleições?".

O presidente, chamado de 'Trump dos trópicos' por seu alinhamento com o atual presidente republicano, Donald Trump, se referiu a Biden na terça-feira, sem mencioná-lo, quando o alertou que o Brasil tem "pólvora" em alusão a declarações do democrata nas quais ameaçou o governo brasileiro com "consequências econômicas significativas" se continuar a desmatar a Amazônia.

“Porque quando acaba a saliva tem que ter pólvora, senão não adianta. Não precisa usar pólvora, mas eles têm que saber o que temos”, declarou.

Na segunda-feira, o vice-presidente Hamilton Mourão disse que Bolsonaro espera que o "imbróglio" acabe, referindo-se às reclamações de Donald Trump sobre o resultado eleitoral, e vai parabenizar "no devido tempo" a "quem for eleito" presidente dos Estados Unidos.

Trump se recusa a reconhecer a vitória de seu rival, anunciada no sábado, denuncia, sem provas, uma fraude a favor do democrata e impulsiona uma enxurrada de ações judiciais apresentadas pelo Partido Republicano para contestar a votação.

jm/val/jc/am