Já partiu de Odessa o primeiro navio com cereais

Já partiu do porto ucraniano de Odessa o primeiro navio carregado com cereais, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Defesa da Turquia.

Uma informação confirmada, também, pelo ministro ucraniano das Infraestruturas, Oleksandr Kubrakov, que partilhou um vídeo na rede social Twitter com a legenda: "Evitar a fome mundial em conjunto com as Nações Unidas, a Comissão Europeia e o G7. O primeiro navio a partir do porto de Odessa desde 24 de fevereiro".

O cargueiro "Razoni", com pavilhão da Serra Leoa, deixou a cidade portuária da Ucrânia, com destino ao Líbano, e de acordo com a Organização das Nações Unidas, está a transportar mais de 26.000 toneladas de milho.

A embarcação deve chegar a Istambul, na Turquia, na terça-feira. Será inspecionado no Centro Comum de Coordenação, que foi inaugurado na quarta-feira passada, antes de ser autorizado a prosseguir, afirmou o Governo de Ancara.

Este é o primeiro navio a sair de um porto ucraniano, após a assinatura dos acordos para desbloquear a exportação de cereais.

Segundo os números partilhados pela Ucrânia, cerca de 17 navios, com mais de 600 mil toneladas de carga a bordo, estarão ainda nos portos ucranianos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos