J&J recruta 45 mil para teste de estágio avançado de vacina contra Covid-19

·2 minuto de leitura
Vacina contra Covid-19

(Reuters) - A Johnson & Johnson anunciou na quinta-feira que recrutou cerca de 45 mil participantes para o primeiro teste de estágio avançado de sua candidata a vacina contra Covid-19 de dose única e que espera resultados provisórios até o final de janeiro.

Mas a empresa está atrás das rivais Pfizer Inc e Moderna Inc na corrida por uma vacina para combater a pandemia de Covid-19, que já infectou cerca de 75 milhões de pessoas em todo o mundo.

O estudo da J&J, batizado de Ensemble, está sendo realizado por sua unidade Janssen, disse a farmacêutica em um comunicado.

Sete países já autorizaram o uso emergencial das candidatas da Pfizer e da empresa alemã BioNTech, e a vacina da Moderna deve obter autorização regulatória nos Estados Unidos nesta semana.

A J&J também informou que planeja enviar um pedido de autorização de uso emergencial à agência que regula medicamento e alimentos nos EUA, a FDA, em fevereiro se os dados do estudo mostrarem que a vacina é segura e eficiente.

No início deste mês, a empresa anunciou cortes no recrutamento original de 60 mil pessoas para o teste da vacina, já que as taxas mais altas de infecções de Covid-19 vistas em meio ao agravamento da pandemia devem gerar os dados de que precisa com menos participantes.

O teste Ensemble foi suspenso durante mais de uma semana em outubro porque um paciente desenvolveu uma "doença inexplicável" durante o estudo. Mais tarde, a farmacêutica disse que retomaria o teste porque uma avaliação não encontrou nenhuma causa clara para a doença.

Outro teste clínico de estágio avançado de uma candidata a vacina contra Covid-19 da Janssen que explora um regime de duas doses está em andamento, disse a J&J.

(Por Derek Francis em Bengaluru)