JAC T40 ganha câmbio CVT e novo motor 1.6 por R$ 69.990

feedback@motor1.com (Redação)
JAC T40 CVT

Era a versão que faltava do crossover chinês, que chega às lojas nos próximos dias

A JAC apresenta o T40 com câmbio CVT para o mercado brasileiro. O crossover chegará às concessionárias nos próximos dias e, além da nova transmissão, troca o motor 1.5 por um novo 1.6 e recebe quadro de instrumentos inédito. Custará R$ 69.990, exatos R$ 10 mil a mais do que a versão manual, atualmente com preços a partir de R$ 59.990.

Leia também:

A alteração mecânica promete melhorar bastante o JAC T40. O câmbio CVT simula seis marchas e tem função para trocas manuais. O motor 1.5 de 127 cv e 15,7 kgfm que equipa o modelo manual foi deixado de lado nesta versão. O T40 CVT usa o inédito 1.6 de 138 cv a 6.000 rpm e 17,1 kgfm a 4.000 rpm (os melhores números entre os 1.6 aspirados à venda no país), com variação dupla de fase nos comandos de válvulas. As medidas continuam a mesmas, com 4,13 metros de comprimento, 1,75 m de largura, 1,56 m de altura e 2,49 m de entre-eixos. O porta-malas tem capacidade para 450 litros.

JAC T40 CVT
JAC T40 CVT

Além das novidades mecânicas, o T40 CVT ganha mais equipamentos, como ar-condicionado automático, bancos de couro, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, computador de bordo com diagnóstico, start-stop e novo quadro de instrumentos. Segue com controle de cruzeiro, faróis de neblina, LED de iluminação diurna, retrovisor antiofuscante, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, monitoramento de pressão dos pneus, câmera de ré, Isofix e câmera frontal.

“Faz pouco mais de sete anos que lançamos a Jac no Brasil (março de 2011). Durante esse período, a marca viveu a recessão do mercado automotivo e sofreu com as sanções impostas aos carros importados. Os tempos, hoje, são outros. Mas a chegada do T40 CVT deve impulsionar as vendas da marca a ponto de dobrarmos nosso volume obtido no ano passado: vamos chegar a 8 mil carros vendidos em 2018”, diz Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors do Brasil.

Fotos: Divulgação