Jade Picon move ação contra ex-sócio que a processa e reacende polêmica em torno de sua marca e a de Gkay

Além de lidar com as críticas ao seu trabalho como atriz estreante em "Travessia", Jade Picon está enfrentando um processo na Justiça. Envolve seu ex-sócio e estilista Felipe Dutra e acabou reacendendo uma polêmica já adormecida com Gkay. Haja adesivo para tapar o umbigo!

A confusão começou quando Jade decidiu processar Felipe por quebra contratual. A Chiara da novela das 21h ajuizou ação em agosto deste ano. Ela alega que investiu R$ 180 mil e deu 1% da sua empresa pessoal, a “Jade²”, para que Dutra ficasse à frente de uma coleção durante 15 meses.

No processo, a ex-BBB e influenciadora, porém, diz que o ex-sócio não cumpriu acordos de pagamento e teria tirado proveito dela em sua melhor fase profissional. Felipe ainda estaria se recusando a abrir mão da porcentagem que tem, contrariando um acordo previamente feito por eles.

O processo corre na 2ª Vara Empresarial de Conflitos e Arbitragem do Tribunal de Justiça de São Paulo. e pede a retirada imediata de Felipe Dutra do quadro societário da sua empresa por medida liminar, que, caso não fosse cumprida, teria multa diária de R$ 1.000 paga pelo empresário.

Acontece que Felipe também está processando Jade e quer R$ 500 mil , que correspoderia à sua porcentagem, no estoque de roupas que ainda estariam com a a ex-sócia. O estilista foi demitido por Jade em julho e agora ele move uma ação de produção de provas para saber de fato o quanto a marca de Jade recebeu com a venda das roupas que criou para a coleção.

O tititi extrapola as fronteiras judiciais e reacende uma polêmica. Hoje, Dutra é sócio e responsável pela criação de modelos para a marca de Gkay, lançada em março deste ano. Mesma época em que Dutra firmava a parceria com Jade.

Acontece que logo que foi lançada, muita gente achou que a coleção de Gkay tinha muitas peças parecidas, semelhantes quase iguais às da coleção de Jade. Internautas logo fizeram as comparações, rolou uma passada de pano e morreu o assunto.

Em julho, após o imbróglio com o ex-sócio acontecer, Jade não se aguentou e foi para o Twitter desabafar: "Por isso que eu demoro pra confiar nas pessoas, mas às vezes você descobre cada coisa. O pior ou melhor é que eu nem sinto raiva. Confio no poder da vida de cobrar quem faz as coisas pra prejudicar o outro, pensando só em si mesmo, porque se fosse pra eu cobrar…Aiai indignada".

O tweet foi encarado como indireta para Gabriel Medina, com quem na época trocou uns beijos, e até Yasmin Brunet foi "acionada" pelos seguidores a responder, já que, supostamente, as duas eram amigas. Nada disso. A indireta era para o ex-sócio, a quem processou um mês depois. Gkay ficou de fora da disputa e fez cara de paisagem. Ela e Jade ainda se seguem nas redes sociais. Dutra só segue Léo Picon, o irmão da ex-sócia, para quem, segundo o próprio, trabalhou de graça.