Jair Bolsonaro diz que eleições estão sob suspeita

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro visita a Expointer. Foto: Davi Magalhães/Futura Press

Jair Bolsonaro se juntou a Cabo Daciolo e colocou as eleições sob suspeita. O candidato à presidência pelo PSL disse que enquanto o processo eleitoral ocorrer com urnas eletrônicas pode existir fraude. As suspeitas seriam validas até se ele ganhasse a eleição.

Bolsonaro é autor de uma emenda aprovada pelo Congresso que exigia o voto impresso, mas que foi derrubada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O candidato do PSL participou de uma carreata pelas cidades de Ceilândia e Taguatinga, no Distrito Federal.

Sem querer, Bolsonaro mostra conteúdo adulto no celular
Candidata provoca racha em partido de Bolsonaro
Denúncia abala Alckmin, e Ana Amélia critica ‘criminalização da política’

Qualquer um que ganhar as eleições estará sob suspeita. Qualquer um que ganhar, o outro lado vai arguir a suspeição. Porque nenhum país adota esse modelo, só o Brasil?”, disse em entrevista coletiva no final do evento. Ele disse estar confiante em vencer no primeiro turno e negou que estivesse “sentando na cadeira de presidente” antes do tempo.”Ninguém está sentando (na cadeira). Essa pesquisa aqui que vale, argumentou.

A carreata de Bolsonaro percorreu dez quilômetros. Durante o trajeto ele mandou beijos e repetiu o gesto de atirar com as mãos.