Casa de José Aldo, que hospeda Bolsonaro nos EUA, tem quarto temático de 'Minions'

José Aldo tem quarto temático de 'Minions' em casa onde hospeda Bolsonaro, nos EUA - Foto; Reprodução
José Aldo tem quarto temático de 'Minions' em casa onde hospeda Bolsonaro, nos EUA - Foto; Reprodução

A casa do ex-lutador de MMA José Aldo, em condomínio de luxo em Orlando, nos Estados Unidos, que recebeu o presidente Jair Bolsonaro (PL), tem quarto temático dos Minions, do filme "Meu malvado Favorito". Os personagens amarelos são comparados a apoiadores de Bolsonaro.

Bolsonaro decidiu não passar a faixa presidencial para o futuro presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em cerimônia marcada para ocorrer neste domingo (1º), em Brasília, e desembarcou na noite desta sexta-feira (30) nos EUA para passar férias, se hospedando na casa de Aldo.

De Brasília, o avião com Bolsonaro e seus familiares decolou no início da tarde desta sexta-feira, e precisou abastecer no Aeroporto Internacional de Boa Vista, por volta das 17h. Às 19h, o avião deixou o espaço aéreo brasileiro com destino a Orlando, onde chegou por volta das 23h.

A viagem foi realizada em um avião da Força Aérea Brasileira, acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e de auxiliares e seguranças.

Antes de sair do país, Bolsonaro fez um procedimento de quase uma hora nas redes sociais por meio de sua tradicional live. Durante a transmissão, falou pela primeira vez do governo do presidente eleito Lula, chorou, se defendeu de críticas e condenou os atos terroristas ocorridos em Brasília.

Os apoiadores de Bolsonaro foram alvo de uma operação da Polícia Federal após incendiarem veículos e tentarem explodir uma bomba próximo ao Aeroporto Internacional de Brasília. "Nada justifica, aqui em Brasília, essa tentativa de um ato terrorista, aqui na região do aeroporto de Brasília", disse Bolsonaro.

Bolsonaro pouco tem aparecido ou publicado nas redes sociais após perder as eleições de 2022 para Lula. Sem reconhecer a derrota nas urnas, o presidente fez um breve pronunciamento no Palácio da Alvorada, para agradecer os votos e comentar o protesto dos apoiadores, que fecharam rodovias em vários pontos do país.

Ele postou no dia seguinte vídeo nas redes sociais solicitando a liberação das rodovias. Após esse momento, passou 37 dias sem fazer declarações, até a realização de um discurso na Alvorada para apoiadores, no último dia 9. Ele permaneceu em silêncio até a realização de sua live nesta sexta.