Jamiroquai? Citada no Twitter por traje de invasor em Washington, banda já provocou Bolsonaro

Luccas Oliveira
·2 minuto de leitura

Como costuma acontecer em grandes eventos, o Twitter virou palco de memes e galhofas durante a tarde tensa desta quarta-feira em Washington, que culminou na invasão de vândalos ao Congresso americano. Na linha de frente, um sujeito sem camisa, tatuado, empunhando uma bandeira dos Estados Unidos numa mão e um megafone na outra, era uma piada pronta.

Mas o que chamou especial atenção na rede social foi uma espécie de gorro peludo com chifres que o apoiador de Donald Trump usava para ornar a cabeça. A comparação com a figura do Buffalo Man, que ilustra as capas de álbuns e singles da banda Jamiroquai, foi imediata. Tanto que o nome do grupo entrou na lista de assuntos mais comentados, os trending topics.

Apesar da comparação estética, o mesmo não pode ser feito no campo político. Afinal, Jay Kay, vocalista do Jamiroquai, mostrou no Instagram, em 2019, que despreza tanto Trump quanto Jair Bolsonaro, admirador confesso do presidente americano derrotado nas urnas.

"Nós sabemos que você é um grande trapaceiro, e você ama seu trapaceiro de merda Donald, mas, por favor, bote o mundo em primeiro lugar antes da sua riqueza", pediu Kay a Bolsonaro, a quem chamou de Ballsnarsehole, que, em tradução livre, junta "bolas" e "bunda" numa estrutura mais ou menos parecida com a do sobrenome do presidente brasileiro.

A publicação foi feita na conta do Jamiroquai no Instagram. À época, o cantor criticava a maneira como Bolsonaro lidava com a questão ambiental na Amazônia.

Inspirado em nativos americanos

Lançado em junho de 1993, "Emergency on Planet Earth" foi o disco de estreia do grupo de funk e acid jazz britânico Jamiroquai, liderado por Jay Kay. A obra vendeu mais 1,2 milhões de cópias no mundo todo, e trazia em sua capa o desenho da silhueta de um homem (Kay) usando chifres na cabeça, conhecido como Buffalo Man. O próprio Kay, que também atende pelo apelido de Buffalo Man, criou o personagem.

A figura é, desde então, diretamente associada ao grupo, autor de hits como "Space cowboy" e "Virtual insanity". Ela aparece na arte de praticamente todos os lançamentos do Jamiroquai.

A inspiração, como é de se imaginar, vem da cultura do povo nativo americano.