Janja da Silva repudia ataques terroristas em Brasília: 'A democracia não vai se dobrar'

A primeira-dama Janja Lula da Silva falou sobre os ataques antidemocráticos que aconteceram ao Palácio do Planalto e ao STF neste domingo (8), em Brasília.

Em sua conta no twitter, ela falou sobre o ocorrido:

"Por anos, a esquerda fez manifestações com milhares de pessoas em Brasília, com muito mais gente nas ruas do que vimos ontem. E apesar de muitos confrontos, nunca se fez com o patrimônio público o que foi feito ontem".

Ela continuou dizendo que manifestações públicas fazem parte da democracia, mas este não foi o caso. "O povo brasileiro reconhece isso e repudia o que aconteceu ontem. E o mundo democrático sabe o que estava em curso e não vai aceitar retrocessos no Brasil".

"Apesar da destruição promovida por vândalos sem qualquer respeito pelo nosso patrimônio e pelo nosso país, estamos hoje aqui no Planalto, trabalhando para reconstruir o Brasil", continuou ela.

Janja finalizou dizendo que a democracia não vai se dobrar e o marido não vai baixar a cabeça. "Era o que dona Lindu sempre dizia a ele e é o que o povo brasileiro espera dele nesse momento: não baixe a cabeça nunca, Lula".