Janja diz que quer 'ressignificar' papel de primeira-dama, em entrevista ao 'Fantástico'

As jornalistas e apresentadoras Maju Coutinho e Poliana Abritta estiveram, nesta semana, com a futura primeira-dama do Brasil Janja Lula da Silva, em São Paulo. A primeira entrevista concedida pela mulher de Luiz Inácio Lula da Silva será exibida no "Fantástico", na TV Globo, no próximo domingo (13).

Exclusivo: Ex de Jô Soares, Flavia fala sobre luto e últimos momentos do humorista

Legendas falsas: Vocalista do ABBA vira 'juíza sueca' em fake news sobre suposta fraude eleitoral

Na ocasião, Janja frisou que pretende dar um novo sentido ao papel de primeira-dama, termo, aliás, que ela refuta. Conforme noticiado pelo GLOBO, a socióloga será uma primeira-dama que detesta este título. Feminista, costuma dizer que rejeita a denominação dada à mulher do presidente da República por entender que o termo "dama" remete a "recatada e do lar", e não a uma "mulher de luta", como ela se define. Num ato eleitoral no Rio, Janja adiantou como quer ser chamada: primeira-companheira.

Maju Coutinho e Poliana Abritta adiantaram, por meio das redes sociais, alguns detalhes da entrevista. "Uma conversa franca e importante. Com compromissos e leveza", disse Poliana. "Uma mulher de presença forte e constante que caminha ao lado de Lula", afirmou, ao comentar sobre a entrevistada.

Maju listou, também por meio do Instagram, alguns pontos abordados durante a conversa. "Em sua primeira entrevista, a socióloga falou sobre carreira, militância, relacionamento com Lula, sobre o período em que Lula esteve preso, pandemia, campanha eleitoral, feminismo, antirracismo , intolerância religiosa, firmou compromissos e contou como pretende ressignificar o papel de primeira-dama", contou a jornalista.