Janja é convidada a desfilar na Sapucaí após crítica de youtuber

Janja foi criticada pela roupa utilizada na posse (EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Janja foi criticada pela roupa utilizada na posse (EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
  • Primeira-dama Janja foi convidada a desfilar pela Imperatriz Leopoldinense no Carnaval de 2023 no Rio

  • Ação aconteceu após ela ser criticada por uma youtuber pela roupa usada na posse de Lula

  • Janja foi chamada para assumir o posto de madrinha da velha-guarda da escola de samba

A primeira-dama Janja foi chamada pela escola de samba Imperatriz Leopoldinense para desfilar na Sapucaí no Carnaval do Rio de Janeiro de 2023.

O motivo do convite foi uma crítica feita pela youtuber Antônia Fontenelle, antiga apoiadora de Jair Bolsonaro (PL), à roupa utilizada por Janja durante a cerimônia de posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Brasília, no último domingo (1º).

"Isso aqui é a velha-guarda da Imperatriz Leopoldinense", disse ao avistar a vestimenta de Janja.

Questionada por uma seguidora sobre o motivo da comparação, Fontenelle explicou: "Escola apática, nem fede, nem cheira. É a Imperatriz Leopoldinense. Nem é a velha guarda da Mangueira, da Mocidade ou da Grande Rio".

Imediatamente após o ataque, a Imperatriz veio a público e convidou Janja não só para desfilar pela escola na edição de 2023 do Carnaval, como também assumir o posto de madrinha da velha-guarda.

"Após os ataques à primeira-dama do Brasil e à nossa agremiação, convidamos publicamente a querida Janja para desfilar como madrinha de nossa galeria da velha-guarda no carnaval de 2023", escreveu nas redes sociais.

Pedido de afastamento de Fontenelle

Fontenelle foi presença constante no Carnaval do Rio de Janeiro por um longo período, sendo musa da Grande Rio por oito anos até 2020, quando anunciou que fazia seu último desfile.

Mesmo assim, a Imperatriz fez questão de encaminhar um ofício à Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, a Liesa, pedindo que a youtuber não seja credenciada para qualquer função na edição de 2023.

A entidade confirmou que recebeu o documento da escola de samba e repudiou os comentários feitos por Fontenelle.

Como estão sendo os primeiros dias do governo Lula?