Janja provoca Michelle após fala machista da primeira-dama: 'não sou ajudadora'

Esposa de Lula, Janja fez referência a fala da primeira-dama Michelle Bolsonaro que disse que esposas são “ajudadoras” dos maridos. (AP Photo/Silvia Izquierdo)
Esposa de Lula, Janja fez referência a fala da primeira-dama Michelle Bolsonaro que disse que esposas são “ajudadoras” dos maridos. (AP Photo/Silvia Izquierdo)

A socióloga Rosângela Silva, esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de um comício do marido em Montes Claros, em Minas Gerais, nesta sexta-feira (16) e ironizou uma fala da primeira-dama Michelle Bolsonaro, sobre ser “ajudadora” do presidente Jair Bolsonaro (PL).

"Eu não vou te ajudar não, não vou ser ajudadora. Eu vou estar do seu lado, junto, lutando, para a gente dar de novo o Brasil da esperança que esse povo maravilhoso merece", disse, Janja, como é conhecida a socióloga.

Na quarta-feira (14), em evento no Rio Grande do Norte, a primeira-dama participou de evento de campanha do marido e disse que “a mulher é uma ajudadora do esposo” e ela, por ser "espiritual", completava Bolsonaro, com um perfil “técnico”, segundo Michelle.

"Aqui tem um homem talvez um pouco mais técnico, mas aqui tem uma mulher espiritual. Eu acho que se completa, né? Tem que ser assim, minhas amadas. A mulher tem que ser ajudadora do esposo, não é isso? É a gente que aguenta, né? Mas graças a Deus, Deus tem falado muito ao coração do meu marido”, disse Michelle em Natal, capital potiguar.

Os dois candidatos têm utilizado as companheiras nas campanhas. Tanto Janja quanto Michelle já tiveram inserções nas propagandas eleitorais dos maridos e são figuras constantes nos atos políticos presenciais.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

No caso de Bolsonaro, Michelle contribui para a aproximação dele com o eleitorado feminino, público com quem, segundo levantamentos, o presidente tem maior dificuldade de adesão. Ela costuma utilizar tom religioso e orar nos eventos, além de negar acusações feitas contra o marido.

"Esse homem, que é rotulado por não gostar de mulheres, já aprovou mais de 70 leis para a proteção do público feminino", disse Michelle na quarta.

Janja também mantém espaço nas atividades do marido. Nos eventos, ela destaca a trajetória de Lula e, ultimamente, tem ironizado falas da atual primeira-dama.