Janja revela estragos no Alvorada e critica Bolsonaro

Janja apontou, no espaço onde a família presidencial vai morar, diversos danos em tapetes, sofás rasgados e infiltração nas paredes

Janja, esposa do presidente Lula (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)
Janja, esposa do presidente Lula (Foto: MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)

Rosângela Lula da Silva, a Janja, esposa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), reclamou nesta quinta-feira (5) do estado de conservação de móveis e a ausência de objetos no Palácio do Alvorada. Por conta disso, eles só devem fazer a mudança após a realização de inventário completo.

As queixas e críticas de Janja foram feitas durante entrevista concedida à GloboNews.

“O que a gente percebe é a falta de cuidado, de manutenção... os pés dos móveis, que são de latão, não estão polidos. Os móveis não são os originais. A gente vai tentar recuperar isso”, disse a socióloga.

Ainda de acordo com Janja é necessário visitar o depósito da Presidência.

"A Presidência da República tem um depósito de móveis e ver o que foi para lá. Tem muitos objetos, que foram transportados de um lado para o outro, daqui para o Jaburu. Então a gente precisa localizar esses objetos."

Janja apontou, no espaço onde a família presidencial vai morar, diversos danos em tapetes, sofás rasgados, infiltração nas paredes, janelas quebradas e obras de arte que não estão lá e que ainda não foram rastreadas para se saber onde estão.

A socióloga também falou que Lula ficou decepcionado com a estrutura encontrada no Alvorada.

“Ele ficou um pouco desolado, porque ele morou um ano e pouco com a dona Marisa na Granja do Torto para fazer uma grande reforma e aí encontrar isso em dez anos”, contou.

Ainda durante a visita, Janja mostrou alguns equipamentos usados em transmissões ao vivo feitas pelo ex-presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais.

No início da semana, o novo ministro da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), Paulo Pimenta, declarou que o governo Bolsonaro entregou as residências oficiais "de qualquer jeito" para a gestão Lula.

Na quarta-feira (4) a Polícia Federal (PF) conduziu uma varredura no Ministério da Justiça. O mesmo procedimento será feito no Alvorada. Por enquanto, Lula segue hospedado em um hotel em Brasília, sem previsão de data para a mudança.

Como estão sendo os primeiros dias do governo Lula?