Janssen entrega primeiras vacinas na terça; total de doses é metade do prometido

·2 minuto de leitura
Brazil's Health Minister Marcelo Queiroga (L) speaks next to Ze Gotinha, the mascot of the vaccination campaign against Covid-19 within the 'Paqueta Vaccinated' project, at Paqueta island in Rio de Janeiro, Brazil on June 20, 2021. - Rio de Janeiro Municipal Health Department, with the support of the Oswaldo Cruz Foundation (Fiocruz), is carrying out the project in the island to evaluate the effects of immunization on a large scale. (Photo by Andre Borges / AFP) (Photo by ANDRE BORGES/AFP via Getty Images)
Anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em audiência pública no Senado (Foto: André Borges/AFP via Getty Images)
  • Brasil receberá 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen contra a covid-19 na terça-feira

  • Contingente é metade do previsto pelo Ministério da Saúde

  • No total, Brasil tem acordo para receber 38 milhões de doses da vacina, aplicada em dose única

Na próxima terça-feira (22), chegarão as Brasil as primeiras doses da vacina da Janssen contra a covid-19. Serão 1,5 milhão de imunizantes, segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. A informação foi dada durante uma audiência pública de Queiroga na Comissão Temporária da Covid-19 no Senado.

Queiroga confirmou que as vacinas fazem parte do carregamento que foi adiantado pelo Ministério da Saúde. O contingente, no entanto, representa metade das 3 milhões de doses que estavam previstas para chegar na semana passada.

Leia também:

O acordo firmado com a Janssen prevê, no total, a chegada de 38 milhões de doses ao Brasil. O imunizante é aplicado em dose única.

“Em relação à vacina da Janssen, essas vacinas estavam previstas no nosso calendário para o último trimestre do ano. Eram 38 milhões de doses. Inicialmente, negociamos com a Janssen e eles iriam nos antecipar na semana passada três milhões de doses. Lamentavelmente não foi possível a chegada dessas três milhões de doses”, disse o ministro da Saúde.

O carregamento, segundo Queiroga, chegará ao aeroporto de Viracopos, em Campinas, na manhã de terça-feira. “São vacinas úteis, como as outras, mas essa é uma dose única que permite uma imunização mais rápida”, declarou. O prazo de validade das vacinas é até agosto de 2021.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, afirmou que a pasta ainda está negociando o adiantamento de mais doses. “Esse quantitativo que o ministro indicou, de 1,5 milhão de doses, estamos trabalhando ainda para tentar algumas confirmações ainda essa semana para doses adicionais desse novo imunizante, que passará a integrar então o PNI (Programa Nacional de Imunização.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos