Japão anuncia primeira morte de pessoa com COVID-19

Pedestres usam máscaras protetoras para ajudar a impedir a propagação do novo coronavírus, em uma rua na área de Ginza, em Tóquio

Uma mulher de 80 anos se tornou a primeira pessoa com o novo coronavírus a morrer no Japão, informou nesta quinta-feira o ministro da Saúde, alertando que não está claro se o vírus foi a causa direta da morte.

"A relação entre o novo coronavírus e a morte da pessoa ainda não está clara", afirmou Katsunobu Kato.

"Mas esta é a primeira morte no país de uma pessoa que testou positivo para o COVID-19", completou.

"O resultado positivo do teste (para o novo coronavírus) foi confirmado 'post mortem'", explicou o ministro.

Kato informou que a vítima morava na região de Kanagawa (ao sul de Tóquio), desenvolveu os sintomas em 22 de janeiro e foi hospitalizada no dia 1 de fevereiro.

Paralelamente, o cruzeiro "Diamond Princess" está bloqueado no porto japonês de Yokohama e submetido a uma quarentena. Das 3.711 pessoas a bordo, 218 apresentaram resultado positivo para o novo coronavírus.