Brigitte Bardot pede a amantes dos animais para que não votem em Macron

Paris, 2 mai (EFE).- A atriz Brigitte Bardot pediu nesta terça-feira aos amantes dos animais para que não votem no social liberal Emmanuel Macron no segundo turno das eleições presidenciais na França, alegando que seu programa não apresenta nenhuma possível melhoria para a vida deles.

"(O projeto de Macron) é mortal, escandaloso e desesperador" para os animais, disse a atriz francesa em uma mensagem publicada no Twitter.

"O desprezo que mostra diante do sofrimento animal resume seu falta total de empatia (com a causa)", acrescentou Bardot, para quem esse mesmo traço da personalidade do ex-banqueiro e ex-ministro do governo socialista de François Hollande se reflete "na frieza de seu olhar".

Símbolo sexual em sua juventude e hoje mais conhecida como defensora dos animais, Bardot denunciou também que apesar do aumento dos escândalos, Macron está com pecuaristas e caçadores "contra as associações de defesa dos animais que lutam com dificuldade contra grupos de pressão que parecem ter um poder total sobre esse candidato".

"Convido os que amam e respeitam os animais a não votar em Macron", disse a presidente da fundação batizada com seu nome e com a qual há décadas milita a favor da causa animal. EFE