Japão e EUA traçam plano para possível emergência em Taiwan

·1 min de leitura
Homem passa de bicicleta por bandeira de Taiwan, em Taipé

TÓQUIO (Reuters) - As Forças Armadas do Japão e dos Estados Unidos elaboraram o esboço de um plano para uma operação conjunta no caso de uma possível emergência em Taiwan, relatou a agência de notícias japonesa Kyodo nesta quinta-feira, citando fontes não-reveladas do governo nacional, em meio às tensões crescentes entre a ilha e a China.

A China reivindica Taiwan, que tem um governo democrático, como seu território "sagrado" e nos últimos dois anos intensificou a pressão militar e diplomática para afirmar sua soberania, causando revolta em Taiwan e preocupação profunda nos EUA.

O governo taiwanês diz que quer paz, mas que se defenderá, se for necessário.

Segundo o plano, o corpo de fuzileiros navais dos EUA montará bases temporárias na cadeia de ilhas Nansei, que se estende desde Kyushu, uma das quatro ilhas principais do Japão, até Taiwan no estágio inicial de uma emergência em Taiwan, além de enviar soldados, noticiou a Kyodo.

As Forças Armadas japonesas darão apoio logístico em tais áreas, como suprimentos de munição e combustível, de acordo com a agência de notícias.

O Japão, ex-governante colonial de Taiwan, e os EUA provavelmente chegarão a um acordo para começar a formular um plano oficial em uma reunião entre os ministros das Relações Exteriores e da Defesa dos dois países no início do próximo ano, sempre segundo a Kyodo.

Autoridades do Ministério da Defesa japonês não estavam disponíveis de imediato para comentar.

(Por Kiyoshi Takenaka)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos