Cientista desenvolve em Taiwan método para detectar tumores em 30 minutos

Taipé, 27 abr (EFE).- Um professor Universidade Nacional Chung Cheng (NCCU, na sigla em inglês) de Taiwan inventou um chip que detecta tumores nos primeiros estágios em apenas 30 minutos.

O professor Jen Chun-ping afirmou que seu chip pró-concentrador de proteínas com nano-interstícios pode detectar marcadores tumorais, que são feitos de proteínas, na corrente sanguínea de pacientes com câncer enquanto ainda estão nos seus primeiros estágios, segundo uma nota da NCCU.

Com as tecnologias anteriores às de Jen, só era possível detectar os marcadores tumorais quando em grandes concentrações nos períodos posteriores do câncer.

Para o chip funcionar são necessários apenas cinco milhões de avos de um litro de sangue ou urina e a aplicação de baixa voltagem de cerca de 36 volts para analisar o resultado.

Jen agora procura parceiros para a comercialização do seu chip e está trabalhando com pesquisadores russos para desenvolver uma tecnologia similar que detecte o Alzheimer. EFE