Neve chega a quase 70 centímetros de espessura em Moscou

Moscou, 17 fev (EFE).- As ruas de Moscou já acumulam quase 70 centímetros de espessura de neve depois da recente "nevasca dos século" e as posteriores precipitações, informou neste sábado a Câmara Municipal da cidade.

"Desde 3 de fevereiro, aos 47 centímetros de neve que caíram em dois dias se somaram outros 20", o vice-prefeito de Moscou, Piotr Biriukov, segundo veículos de imprensa locais.

Portanto, acrescentou, "temos agora cerca de 70 centímetros de neve", quando "a média do mês é de 36 centímetros".

Para limpar a capital russa foram levadas às ruas mais de 14,5 mil máquinas para retirar neve, que retiram diariamente até 1,5 milhões de metros cúbicos, precisou Biriukov.

Além disso, segundo as previsões, até segunda-feira na capital podem cair outros 10 centímetros de neve.

A maior nevasca dos últimos cem anos castigou Moscou no começo de fevereiro, deixando um morto e vários feridos.

O mau tempo provocou, além disso, grandes engarrafamentos nas estradas, vários atrasos nos aeroportos e a suspensão parcial das aulas nos colégios. EFE