Japão sacrifica quase 300 mil animais para conter gripe aviária

O Japão decidiu sacrificar mais de 280.000 frangos, em uma nova tentativa de conter um foco de gripe aviária que afeta o país, o que levou o governo a matar 1,67 milhão de animais desde novembro

O Japão decidiu sacrificar mais de 280.000 frangos, em uma nova tentativa de conter um foco de gripe aviária que afeta o país, o que levou o governo a matar 1,67 milhão de animais desde novembro, anunciou o ministério da Agricultura.

Os novos casos afetam os municípios de Miyagi (nordeste do país, 220.000 aves) e Chiba (ao sudeste de Tóquio, 68.000 aves), depois que o vírus H5 foi detectado em duas granjas.

O ministério da Defesa enviou 370 homens à região para ajudar os agricultores na operação.

O foco de gripe aviária, o primeiro no Japão desde janeiro de 2015, começou em novembro do ano passado no município de Aomori (norte) e depois afetou outras áreas do norte (Niigata, Hokkaido) e do sul do país (Miyazaki, Kumamoto).