Jato particular cai no mar Báltico após mudar misteriosamente de rota

Jato particular viajava da Espanha para a Alemanha. (Foto: Getty Images)
Jato particular viajava da Espanha para a Alemanha. (Foto: Getty Images)
  • Imprensa alemã afirma que estavam a bordo piloto e três pessoas da mesma família

  • Após mudança de rota, jato particular passou a ser seguido pela Otan

  • Equipes de resgate atuam no local da queda, mas não foram encontrados sobreviventes ou corpos

Um avião caiu no mar Báltico, perto da costa da Letônia, neste domingo (4), com quatro pessoas a bordo. Segundo a emissora BBC, o jato particular mudou de rota em meio ao voo e as circunstâncias da queda estão sendo apuradas.

A aeronave, modelo Cessna 551, viajava do Sul da Espanha até Colônia, cidade da Alemanha. Após a alteração da rota, aviões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) começaram a seguir o jato. Autoridades suecas disseram que os pilotos não conseguiram ver ninguém na cabine de piloto antes da queda.

“Controladores de tráfego aéreo não conseguiram se comunicar com a tripulação da aeronave”, afirmou a Autoridade de Aviação Civil da Letônia.

Já o site FlightRadar24, que realiza o monitoramento de voos, informou que o jato decolou às 8h56 (horário de Brasília) e, depois de aproximadamente cinco horas, perdeu velocidade gradativamente altitude e velocidade até cair no mar Báltico.

O resgate está sendo realizado por equipes da Letônia, Lituânia e Suécia, mas ainda não foram encontrados sobreviventes ou corpos.

A imprensa alemã afirma que estavam à bordo o piloto e três pessoas da mesma família: pai, mãe e filha. O avião é registrado na Áustria.