Jeff Bezos investe em startup que busca ‘cura’ para velhice

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Bezos é conhecido por projetos ousados e excêntricos no passado. Foto: Getty Images.
Bezos é conhecido por projetos ousados e excêntricos no passado. Foto: Getty Images.
  • Empresa foi fundado no início de 2021 e se chama Altos Labs

  • Cientistas estão sendo contratados com remuneração anual de US$ 1 milhão

  • Bezos é conhecido por seus projetos ousados e excêntricos no passado

O homem mais rico do mundo continua se envolvendo em empreendimentos curiosos. O mais novo projeto de Jeff Bezos é o investimento em uma startup de biotecnologia que desenvolve pesquisas em busca de uma reversão do processo de envelhecimento.

Leia também:

A companhia, chamada Altos Labs, tem um projeto focado em uma tecnologia de “reprogramação”. O método consiste em adicionar proteínas a células a fim de que elas regridam a um estado parecido com as células tronco. Para atrair cientistas, a Altos Labs está oferecendo remuneração anual de cerca de US$ 1 milhão. Um de seus quadros mais bem conceituados é Shinya Yamanaka. O cientista ganhou um Prêmio Nobel em 2012 ao demonstrar a técnica de reprogramação em roedores. Na Altos Labs, Yamanaka é o presidente do conselho consultivo científico.

O fundador da Amazon já é famoso por suas empreitadas excêntricas e extravagantes. No último mês de julho, Bezos viajou até a borda do espaço no foguete New Shepard, projetado pela empresa Blue Origin. A viagem, realizada a mais de 3,7 mil km/hora, durou cerca de 11 minutos. Em 2018, o magnata também investiu em pesquisas da Unity Technologies, outra empresa de biotecnologia que desenvolvia terapias contra o envelhecimento.

As informações são do B9.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos