Jennifer Aniston precisou de terapia após fim de "Friends" e divórcio de Brad Pitt

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jennifer Aniston em evento de Los Angeles, em 2020.
Jennifer Aniston em evento de Los Angeles, em 2020. Foto: REUTERS/Monica Almeida

Resumo da notícia:

  • Jennifer Aniston relembrou período difícil com o fim de "Friends"

  • Atriz passou por divórcio com Brad Pitt na mesma época da despedida da série e precisou de terapia

  • Ela ainda confessou que começou uma nova fase quando fez o filme "Separados pelo Casamento"

Jennifer Aniston relembrou a fase difícil que enfrentou após o fim de "Friends". Em entrevista à Ellen Degeneres, a eterna Rachel Green confessou que precisou de terapia com o encerramento da série ao coincidir com a época de seu divórcio.

A separação de Brad Pitt aconteceu em um intervalo de menos de um ano da despedida da produção norte-americana. Por isso, ela recorreu ao auxílio de uma psicológica: "Bem, me divorciei e fui para terapia," afirmou.

"Depois, fiz um filme chamado 'Separados pelo Casamento' e abracei que aquela fase estava terminando. Falei: 'Quer saber, pessoal? Vamos fazer um capítulo totalmente novo. Encerrar tudo e começar do zero.' Funcionou muito bem," completou a atriz.

Vale lembrar que o "The Ellen DeGeneres Show" foi encerrado após 19 temporadas no ar em meio a denúncias de assédio moral com a equipe do programa.

"O que aconteceu aqui nunca deveria ter acontecido. Levo isso bem à sério e eu quero dizer que sinto muito por todas as pessoas afetadas", declarou a apresentadora na abertura do episódio.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos