Jennifer Coolidge, estrela de White Lotus, já trabalhou em restaurante com Sandra Bullock antes da fama

A estrela de White Lotus, Jennifer Coolidge, trilhou um longo caminho até ser alçada, agora, aos 61 anos, ao status de atriz consagrada. No final de novembro do ano passado ela ganhou o Emmy, o Oscar da televisão americana, por seu papel na série da HBO. Na semana passada, ela conquistou um Globo de Ouro e um Critics Choice Award, também pela mesma personagem. Mas nem sempre tudo foram flores para a atriz.

Globo de Ouro: 'Os Banshees de Inisherin' e 'The White Lotus' conquistam o Globo de Ouro 2023; confira lista completa

A virada de Jennifer: Estrela de White Lotus agradece Ariana Grande por chamá-la para clipe: 'Minha vida mudou'

Na década de oitenta, depois de se formar em teatro na Emerson College em Boston, Massachusetts, Jennifer foi para Nova York, onde trabalhava como garçonete no restaurante Canastel’s. Na mesma época, Sandra Bullock, de 58 anos, também foi para a cidade na tentativa de engatar em uma carreira de atriz e acabou trabalhando no mesmo restaurante, como recepcionista. Ela havia largado o curso de teatro na East Carolina University, na Carolina do Norte. As duas já falaram sobre isso em algumas entrevistas ao longo das suas carreiras.

Jennifer comentou em um talk show, que era bastante displicente naquele trabalho, o que acabou fazendo com que Sandra "tomasse o seu lugar". Na época, ela ficou brava com a situação.

— Fui parando de aparecer nos meus horários de trabalho. Eu tinha cinco 'turnos' e aparecia em três deles. Eu estava nos meus vinte e poucos anos, era uma bagunça. Gostava de sair para boates e coisas do tipo. O dono do restaurante não me demitia, não sei porquê. Então, um dia, Sandra [Bullock] pegou minha função como garçonete e meus horários nas noites de sexta e sábado. Foi quando eu tive que me demitir. Fiquei tão brava que ela conseguiu os meus 'turnos'. Mas realmente eu não estava aparecendo, foram anos assim. —, contou, em 2009, ao apresentador Conan O’Brien.

— Você parece a pior garçonete do mundo —, respondeu O'Brien.

— Sim, eu era, mas não me demitiam. Eu devia ter sido demitida no primeiro mês, mas acabou durando cinco anos —, afirmou Jennifer.

Atriz está no auge, aos 61 anos, depois de tempos em uma 'zona morta' na carreira

Desde a primeira temporada de White Lotus, em 2021, quando os holofotes de Hollywood se viraram para ela, Jennifer não hesitou em perder uma oportunidade de falar sobre o que ela considera ser um momento de "renascimento" artístico na sua carreira. Fato que tem se comprovado nessa temporada de premiações, com ela levando todos os principais prêmios mais importantes para casa.

'The White Lotus': conheça o brasileiro que fez ilustrações para as aberturas da série

Próxima temporada já está confirmada: criador e estrela da série conversam sobre o último episódio; contém spoiler

Em uma conversa com a cantora Ariana Grande, em gravação para a Entertainment Weekly divulgada em dezembro do ano passado, Jennifer comentou a respeito do que ela considera o seu "ponto de virada" antes mesmo da série: a sua participação no clipe de "Thank u, next", de Ariana, em 2018. Mais cedo naquele ano, ela confessou que estava passando por uma "zona morta" na sua carreira.

— Sim, eu fiz 'White Lotus' e minha vida mudou. Mas realmente acredito que esse movimento começou com você me pedindo para participar do vídeo de 'Thank U, Next'. Depois dali participei do filme ‘Bela Vingança’ (2020) e tudo mais. Você foi quem instigou tudo isso. Se você não tivesse me colocado no seu clipe, não acho que estaria aqui onde estou —, disse a atriz para Ariana.

Na última terça-feira, ao receber a estatueta do Globo de Ouro, Jennifer fez um discurso que provocou risadas e choros na plateia. Ela falou sobre o "novo começo" que ela recebeu do criador da série, Mike White, depois de já ter envelhecido e ter "perdido" alguns sonhos.

— Eu tinha grandes sonhos e expectativas quando era mais jovem, mas eles fracassaram na vida. Achei que seria a rainha de Mônaco, embora outra pessoa [Nicole Kidman] o tenha feito —, disse, rindo. — E então você envelhece e pensa: 'Oh, o que diabos vai acontecer?' E, Mike White, você me deu esperança. Você me deu um novo começo. Você mudou minha vida de um milhão de maneiras diferentes. — afirmou a atriz.

A próxima grande premiação é o SAG Awards, no dia 26 deste mês. A categoria de "melhor atriz em série de drama", em que Jennifer concorre, é disputadíssima. Ela está ao lado de Elizabeth Debicki, a Princesa Diana em The Crown (Netflix), Julia Garner e Laura Linney, ambas de Ozark (Netflix), e Zendaya, de Euphoria (HBO). Jennifer, no entanto, segue como uma das favoritas.