Jennifer Lawrence revela que sofreu dois abortos

Jennifer Lawrence (Foto: Getty Images)
Jennifer Lawrence (Foto: Getty Images)

Jennifer Lawrence, uma das principais atrizes de Hollywood na atualidade, contou que sofreu dois abortos espontâneos. O segundo, inclusive, ocorreu no período em que aconteceram as gravações do filme “Não Olhe Para Cima”, entre 2020 e 2021.

Sobre a primeira perda, aos “20 e poucos anos”, ela ainda disse que tinha “total intenção” de interromper a gestação caso isso não tivesse acontecido de maneira natural. “Enquanto esperava meu filho [que nasceu em fevereiro deste ano], lembro de pensar em um milhão de coisas. Pensar em tudo que estava acontecendo com meu corpo. E eu tive uma ótima gravidez. Mas cada segundo da minha vida se tornou diferente [após a maternidade]. Então, eu me perguntava: ‘E se no passado eu tivesse sido forçada a passar por esse processo?’”, declarou a atriz à Vogue dos Estados Unidos.

A reflexão de Jennifer é pertinente. Afinal, recentemente, a Suprema Corte dos Estados Unidos retirou o direito ao aborto e o estado em que ela nasceu, Kentucky, foi a favor da decisão. Decisão essa que representa um enorme retrocesso na luta feminista e até em questões de saúde pública, uma vez que coloca em risco quem optar por se submeter a esse procedimento clandestinamente.

Estar em lados diferentes nessa e em outras pautas importantes, fez a atriz se afastar do pai. “Eu tentei superar isso, mas não consigo. [...] Se você mora nos Estados Unidos, precisa ser político. É uma m*rda, a política está matando as pessoas. [...] Eu não quero criticar minha família, mas sei que muitas pessoas têm opiniões similares. Como você pode criar uma filha desde o nascimento e não acreditar que ela merece igualdade? Como?!”, questionou Jennifer.