Jennifer Lopez conta que a pandemia fez com que avaliasse seu papel de mãe: 'Preciso desacelerar e me conectar mais com eles'

O Globo
·1 minuto de leitura
Reprodução

jennifer.jpg

Reprodução

O tempo que precisou ficar em casa durante a pandemia ajudou a cantora Jennifer Lopez, de 51 anos, a avaliar sua relação com seus filhos, os gêmeos Emme Maribel e Maximilian David, de 12 anos. "Na verdade, adorei estar em casa e jantar com as crianças todas as noites, o que provavelmente nunca aconteceria sem o isolamento social", disse Lopez.

Para ela foi uma "verdadeira reavaliação da vida. Consegui rever o que estava funcionando e o que não estava", declarou ao refletir sobre o seu papel de mãe. "Estamos proporcionando uma vida incrível para eles, mas, ao mesmo tempo, eles precisam da minha presença", acrescentou ela, que concluiu que "Preciso desacelerar e me conectar mais'com eles. Não quero perder nada da vida deles."

Continuando a refletir sobre o tempo que passou em casa com seus dois filhos, Lopez concluiu ainda que sentiu o tempo passar mais rápido: "Sinto que todo mundo envelheceu, tipo, três anos durante esta pandemia. Vi meus filhos de jovens ingênuos se tornarem adultos. Eles não são mais os meus bebês. Isso aconteceu pela dose de mundo real que eles viveram durante a pandemia."