Jerônimo celebra eleição na Bahia

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - O governador eleito da Bahia Jerônimo Rodrigues (PT) celebrou a sua vitória para o Governo da Bahia e destacou o caráter coletivo da sua candidatura, destacando o seu êxito nas urnas como resultado da "vitória de um time".

"A vitória de Jerônimo foi o que apareceu na votação. Mas o lado, à frente e por trás tem um projeto, tem um time", afirmou o petista, que destacou o caminho pavimentado pelos seus antecessores Rui Costa e Jaques Wagner.

Jerônimo destacou a vitória deLula como um marco para a democracia brasileira e destacou que a Bahia deu a maior votação nominal ao petista dentre os estados brasileiros. "A Bahia não teve voto capacho. Não teve voto refém. A Bahia deu um voto a Lula de gratidão pela história dele no Brasil como presidente e líder político. Acreditamos que Lula vai devolver essa gratidão em forma de trabalho", afirmou o governador eleito.

Ainda afirmou que, ao contrário de Rui Costa, ele terá um presidente parceiro para trazer melhorias para os baianos e fazer novos investimentos. E criticou Jair Bolsonaro (PL), quem chamou de presidente "que castigou, que se omitiu, que humilho o Brasil e traiu o voto de 2018".

Jerônimo ainda pregou uma união da Bahia e Brasil, desmontando os palanques e deixando para trás as rivalidades: "Aquelas pessoas que não votaram no 13, podem ter certeza: a partir de hoje passa-se uma esponja nos votos."