JK Rowling é enganada por fake de presidente da Ucrânia em chamada de vídeo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
JK Rowling na premiere de
JK Rowling na premiere de "Animais Fantásticos: O Segredo de Dumbledore". Foto: Stuart C. Wilson/Getty Images

Resumo da notícia:

  • JK Rowling acreditou que teria conversado com presidente da Ucrânia

  • Autora de "Harry Potter" foi enganada por chamada de vídeo

  • Equipe da escritora alega que o vídeo divulgado é uma edição distorcida da conversa

JK Rowling, autora da franquia "Harry Potter", pensou estar uma chamada de vídeo com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em meio ao conflito do país com a Rússia após invasão de tropas de Vladimir Putin. No entanto, ela teria sido enganada pelos russos Vovan e Lexus em uma pegadinha.

Eles postaram um vídeo de uma chamada pelo Zoom, em que a escritora aparece com a câmera ligada e responde algumas perguntas enquanto a dupla se passa pelo presidente ucraniano.

Com câmera desligada, o governante fake questiona Rowling sobre a sexualidade de Dumbledore. “Eu disse em 2007 que sempre vi Dumbledore como gay. Essa é a verdade e foi um grande escândalo. Mas sim, é assim que eu ainda vejo. Ele é um homem velho quando o vemos nos livros, então sua vida amorosa não é mais muito importante", respondeu ela.

Eles ainda afirmaram que a cicatriz na testa de Harry Potter se assemelha ao símbolo militar russo 'Z' ao perguntarem se a autora considera mudar a cicatriz do personagem para o formato de um tridente ucraniano em apoio ao país. “Vou analisar isso. Pode ser bom para mim, fazer algo com isso nas redes sociais, porque acho que isso vai sair nos jornais", afirmou ela.

Em outro trecho, os russos disseram que as doações da Fundação Lumus, organização que busca ajudar crianças em orfanatos na Ucrânia, deveriam ser usadas para comprar armas. “Nós cuidaremos das crianças, mas eu realmente quero que a Ucrânia tenha todas as armas de que precisa”, opinou a escritora.

Por fim, a dupla ligou a câmera e acabou com a brincadeira ao apresentar um grupo de pessoas que diz ser “Ordem da Fênix Ucraniana”. No entanto, eles aparecem usando a camiseta “Somente Putin”, presidente da Rússia. Sem perceber do que se tratava, JK Rowling elogiou o grupo, agradeceu a presença e ainda repetiu a frase “Somente Putin” antes da chamada terminar.

Em nota, a equipe de JK Rowling condenou a brincadeira. “JK Rowling foi abordada para falar sobre seu extenso trabalho de caridade na Ucrânia, apoiando crianças e famílias que foram afetadas pelo atual conflito na região. O vídeo, que foi editado, é uma representação distorcida da conversa”, diz o comunicado. Confira o vídeo:

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos