Joalheria é assaltada no Shopping Ibirapuera, em SP

Um grupo de assaltantes roubou na tarde deste sábado a joalheria Dryzun do Shopping Ibirapuera. A ação, que ocorreu por volta das 17h, não deixou feridos e é investigada pela polícia.

Criminalidade: São Paulo registra 20% mais furtos e quase 4% mais roubos este ano

Segurança: Operações em SP tentam coibir onda de assaltos cometidos por falsos entregadores

Política: Crise da Cracolândia e aumento de roubos pautam pré-campanha em São Paulo

Foram seis assaltantes os que efetuaram o roubo, de acordo com a administração do Ibirapuera. Ainda segundo o shopping, a ação foi rápida, teve ínício às 16h56 e teria sido imediatamente percebida pela equipe de segurança do centro comercial, que acionou a polícia militar.

O grupo assaltante fugiu do local com jóias e relógios que estavam na vitrine da loja, de acordo com o G1. Nas redes sociais, há relatos de que lojas chegaram a fechar após o ocorrido, mas a administração do shopping diz que o estabelecimento funciona normalmente e que vai colaborar com as investigações.

O edifício tem quatro andares e a joalheria assaltada fica no segundo piso, o mesmo da praça de alimentação. Segundo o portal G1, o grupo teria entrado em uma loja de departamentos para fugir por ali. Em vídeos gravador no local após o roubo circulam em redes sociais e mencionam que o grupo estava armado e que chegou a apontar armas para seguranças.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos