Joana Prado, Karina Bacchi e Alessandra Scatena... Ex-símbolos sexuais se arrependem de ensaios nus

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Famosas, lindas e desejadas. Símbolos sexuais na década de 1990 e início dos anos 2000, elas faturaram alto ao posarem nuas para revistas masculinas, bastante populares na época. Hoje em dia, porém, a situação é diferente: estão arrependidas de terem tirado a roupa para os cliques. É o caso da ex-assistente de palco de Gugu Liberato, Alessandra Scatena, da ex-Feiticeira Joana Prado e da atriz Karina Bacchi. Já Suzana Alves, a ex-Tiazinha, diz que não faria de novo.

Recém-separada, Karina Bacchi, atualmente com 45 anos, posou nua para a edição de Natal da extinta revista "Playboy", em 2006. Hoje envagélica, disse ter "nojo" do trabalho realizado. "Tenho tanto nojo da minha 'Playboy'. O mal trabalhou de um jeito ali, olha que sem noção, que ridículo, gente, eu tenho nojo, nojo, nojo!. Ainda mais que o meu (ensaio) foi especial de Natal, nascimento de Jesus. Que absurdo! Com chapeuzinho de Mamãe Noel, que coisa demoníaca, gente. Eu tenho nojo, raiva desse momento!", revelou ela durante um papo com amiga Suzana Alves, a ex-Tiazinha, em seu canal no Youtube.

Joana Prado, de 45 anos, é cristã e atualmente mora nos EUA com o marido, o ex-lutador Vitor Belfort, e os três filhos: "Claro que eu me arrependi. Porque, para mim, (a palavra) arrependimento, no hebraico, é mudança de direção(...) Eu me arrependi, sim, o que significa que eu não quero mais fazer aquilo o que eu fazia antes", comentou ela, numa entrevista.

Alessandra Scatena, por sua vez, diz que se sente envergonhada pelo ensaio nu que fez. Ela posou sem roupas em 1997. "Me arrependi, sim, quando me converti, mas, principalmente agora. Envergonhada. Senhor, eu me envergonho, me arrependo de tudo aquilo que eu fiz, que eu achava, até então, e muitas pessoas pensam assim, que não tinha mal nenhum", afirmou ela, atualmente com 46 anos, ao podcast de Karina Bacchi.

As edições da “Playboy” com Tiazinha na capa foram sucesso de vendas. Ela, por sua vez, diz que não faria novamente um ensaio nu. A atriz, de 43 anos, também é cristã. Já declarou em entrevista, porém, que não se arrepende de ter feito. "Junto daquele trabalho veio o crescimento profissional. Foi um momento propício e contextual que a personagem pedia", afirmou ela em papo com Bacchi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos