Joana de Verona se despede de 'Éramos seis', mas continua no ar em 'Ouro Verde'

Isabella Cardoso
Joana de Verona se despede de 'Éramos seis', mas continua no ar em 'Ouro Verde'

A atriz luso-brasileira Joana de Verona brilha como a feminista Adelaide em “Éramos seis”, que se despede da TV no próximo sábado. Foi a estreia da artista, que é filha de pais portugueses e nascida em São Luís do Maranhão, nos folhetins brasileiros. Enquanto ela se destacava na trama de época da Globo, o telespectador também podia vê-la nas telinhas em outros trabalhos. Na Band, ela é uma das protagonistas de “Ouro Verde”, novela de Portugal . Já na HBO, ela está no elenco da série “Santos Dumont”, sobre a vida do aviador brasileiro.

— Foi uma surpresa positiva, não sabia que seria assim e foi tudo ao mesmo tempo. “Ouro Verde” foi gravada em 2017 e, após ganhar o Emmy, venderam para 60 países. Acabou estreando aqui perto de “Éramos seis’’. Já a série da HBO foi filmada há um ano e meio.

Com trabalhos em Portugal, França e Brasil, Joana afirma que fazer uma novela brasileira foi uma experiência maravilhosa. Para viver Adelaide, que veio de Paris com hábitos bem diferentes das meninas de São Paulo dos anos 30, a atriz conta que se inspirou numa lista de mulheres pioneiras em suas áreas, que inclui nomes como Clarice Lispector, Tarsila do Amaral, Coco Chanel e Simone de Beauvoir.

— Eu tive muita sorte com Adelaide porque ela é ética, impulsiva, livre e muito politizada. Uma das personagens mais especiais que já fiz. Pude estudar muito sobre figuras femininas transgressoras: aviadoras, fotógrafas de guerra, feministas — diz ela, que afirma se interessar em debater preconceitos: — Rótulos e julgamentos são mesquinhos e nos fecham nas nossas bolhas. Que não olhem para os homens como feios, maus e vilões, nem para mulheres como más, bruxas e histéricas.

Para quem está ansioso com o fim de “Éramos seis”, Joana indica o que podemos esperar do desfecho de Adelaide com Emília (Susana Vieira) e com Alfredo (Nicolas Prattes).

— Adelaide tem uma esperança secreta de que Emília mude sua mentalidade, e posso dizer que ela vai ter uma transformação no final. Com Alfredo, é o desafio do amor. Ela se vê livre, não quer se entregar e se apaixona por alguém que também é assim. Só soube se eles iriam ficar juntos ou não na reta final, porque só recebemos as nossas cenas. O público vai ficar agradavelmente surpreendido e feliz com o desfecho de Adelaide e Alfredo.