Joe Biden escolhe secretários para as pastas de Comércio e Trabalho

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  17-06-2014 - Joe Biden. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 17-06-2014 - Joe Biden. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente norte-americano eleito, Joe Biden, escolheu nesta quinta-feira (7) os representantes das pastas do Comércio e do Trabalho que farão parte de sua gestão.

A governadora de Rhode Island, Gina Raimondo, deverá assumir a secretária do Comércio. Raimondo, 49, é formada em direito pela Unidersidade de Yale com doutorado pela Universidade de Oxford e tem experiência na área de investimentos.

A democrata comandará um departamento com mais de 43.000 funcionários e aproximadamente 8 bilhões de dólares em orçamento. Ela será responsável por áreas como impacto ambiental, políticas de tecnologia e pelo desenvolvimento e sustentação da indústria do país.

Para a secretaria de Comércio, Biden confiou a pasta ao prefeito de Boston, Marty Walsh, também democrata. Walsh, 53, foi um líder sindicalista que ganhou capital político como representante de sindicatos como o dos metalúrgicos e dos eletricistas.

A escolha do prefeito deverá ser recebida com certa controvérsia por grupos progressistas em razão de seu perfil, homem e branco. Entre os candidatos e candidatas à vaga estava a secretária de origem asiática Julie Su, secretária do Trabalho na Califórnia.

O presidente Joe Biden assumirá a função no próximo dia 20 de janeiro.