Joe Biden reverte decisão de Trump de banir TikTok

·1 minuto de leitura
Joe Biden. (Foto: AP Photo/Alex Brandon)
Joe Biden. (Foto: AP Photo/Alex Brandon)
  • Joe Biden reverteu decisão de Donald Trump de banir TikTok.

  • Trump acusava TikTok de ser arma de espionagem chinesa.

  • TikTok é uma das plataformas mais populares de compartilhamento de vídeos do mundo.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinou um novo decreto que reverte decisão de seu antecessor, Donald Trump, de banir os aplicativos de vídeo TikTok e WeChat dos Estados Unidos.

Leia também:

Originalmente, Trump ameaçou de banimento os apps nos Estados Unidos argumentando que eles eram utilizados pelo governo chinês como uma espécie de arma secreta de espionagem em massa.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Na teoria suportada por Trump, esses apps teriam “portas dos fundos” por onde informações privadas de usuários americanos poderiam ser transmitidas para servidores localizados na China, e então acessíveis pelo governo central comunista daquele país.

Com a decisão de Biden, os apps não correm mais o risco de serem banidos, ainda que uma investigação sobre possíveis brechas de segurança tenha sido mantida envolvendo o Departamento e Comércio dos Estados Unidos.

O TikTok é um app de compartilhamento de vídeos curtos, que tocam em repetição, e é um dos mais populares do mundo, ao ponto de fazer com que concorrentes como Google e Facebook se movessem no sentido de oferecer produtos com funções semelhantes, no YouTube e no Instagram, respectivamente.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos