Jogador alemão Atakan Karazor, do Stuttgart, é detido em Ibiza após jovem denunciar estupro

O clube alemão Stuttgart confirmou neste sábado a detenção de seu volante Atakan Karazor pela polícia da ilha espanhola de Ibiza. Segundo a imprensa local, uma jovem de 18 anos denunciou o atleta e outro homem por estupro. O jogador está detido desde quinta-feira.

No lugar de Paulo Sousa: Flamengo anuncia a contratação de Dorival Júnior como novo técnico do time

Time tem jogo no domingo: Jogador da Bulgária tem cirurgia bem-sucedida após acidente com ônibus da delegação

Segundo um porta-voz da Guarda Civil Espanhola, foram detidos "dois jovens alemães de 25 anos de idade na madrugada da última quarta-feira".

— Ela denunciou ter sido estuprada por ambos os jovens em uma casa no município de Sant Josep, na ilha de Ibiza — disse o porta-voz a agência de notícias AFP.

De acordo com o jornal Diário de Mallorca, a vítima recebeu atendimento médico no hospital de Can Misses. O crime teria acontecido nas proximidade da boate Cova Santa, em San José, na quarta-feira. Após a denúncia, a Guarda Civil espanhola abriu uma investigação e chegou até dois alemães, um deles o jogador do Stuttgart, que passava as férias na região.

O clube confirmou a prisão e disse que Karazor não cometeu nenhum crime:

"O meio-campista do VfB, Atakan Karazor, foi preso enquanto estava de férias em Ibiza. Ele nega qualquer ato criminoso. O VfB está em constante contato com seus advogados. Como este é um processo contínuo, pedimos sua compreensão de que o VfB não pode comentar mais por enquanto", disse o clube.

Nascido na cidade de Essen, o atelta começou a jogar pelo clube em 2019, após passar pelo Holstein Kiel, da segunda divisão alemã. Há um mês, o jogador renovou a contratação com a equipe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos